Wednesday, September 6, 2017

noite escura

me pergunto qual a direção do teu olhar
enquanto desapareço pelos sonhos dentro
e tua voz já soa sincronizada e funda
por entre lençóis amassados e esticados
amassados e
esticados
enquanto me pergunto o silêncio perdura
tua voz corre surda e cega
e eu apenas eu
boquiaberta
estupefata
face à penumbra dos teus olhos
embotados de tanto ser certa
a nossa noite escura





No comments:

Post a Comment